Twitter Facebook

CUT PA > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > SETE CENTRAIS SINDICAIS E DEZENAS DE ENTIDADES COMEÇAM A DEFINIR AS AÇÕES DA GREVE GERAL

Sete centrais sindicais e dezenas de entidades começam a definir as ações da greve geral

18/04/2017

Cerca de 10 categorias consideradas estratégicas para o sucesso do movimento já aprovaram a participação na greve. Estão previstas ações em Belém e no interior do estado.

Escrito por: Fátima Gonçalves

     A participação de quase 10 categorias consideradas estratégicas e o fechamento de grandes avenidas e rodovias são apenas algumas das ações já definidas para a greve geral do próximo dia 28 no Pará. As decisões foram tomadas na manhã desta terça-feira (18), em Belém, no auditório da Federação dos Trabalhadores no Comércio e Serviços dos Estados do Pará e do Amapá (Fetracom). A reunião foi bastante concorrida e teve a presença de representantes de sete centrais sindicais (CUT, CTB, UGT, NCST, FS, Intersindical e Conlutas) e de dezenas de sindicatos.

      Para melhor preparar as ações, os participantes consideraram fundamental a formação de uma coordenação composta por dois membros de cada central, além de representantes de sindicatos de categorias que já aprovaram a participação na greve, como rodoviários, bancários, professores, comerciários, trabalhadores da construção civil, portuários, comerciários e servidores públicos estaduais.    

      Representantes de movimentos sociais também serão convidados a participar da coordenação de greve, entre eles, MST, Frente Brasil Popular Pará, Frente Povo Sem Medo, UNE, UBES e UMES. A primeira reunião da coordenação já está agendada para a próxima quinta-feira (20), às nove horas, também na sede da Fetracom.

      A orientação é contribuir nas greves das categorias e fortalecer algumas ações que já estão planejadas. O que está certo é que, em Belém, ocorrerão concentrações pela manhã nas avenidas Almirante Barroso e Presidente Vargas, além do Entroncamento (local no início da avenida Almirante Barroso e ponto de entrada e saída da cidade).

      Quanto às ações fora da capital ficou definido a realização de atos na Alça Viária (complexo de pontes e estradas que integram a região metropolitana ao interior do estado) e nos municípios de Santa Maria e Capanema (nordeste paraense), Marabá (no sudeste), Santarém, (no Baixo Amazonas) e em Barcarena, na região metropolitana, que é um polo industrial, onde está situado o maior porto do Pará.

.

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
RÁDIO CUT

CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES DO PARÁ
Travessa D. Pedro I, 1012 | Umarizal | CEP 66050-100 | Belém | PA
Fone: (55 91) 3223.4541 / Fax: (55 91) 3241.9635 | www.cut-pa.org.br | e-mail: [email protected]