Twitter Facebook

CUT PA > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > FETAGRI DIVULGA NOTA CONTRA PROJETO DE LEI QUE COLOCA A PECUÁRIA COMO ÚNICA ATIVIDADE TRADICIONAL DO MARAJÓ

Fetagri divulga nota contra projeto de lei que coloca a pecuária como única atividade tradicional do Marajó

11/08/2017

O projeto está em tramitação na Assembleia Legislativa. Para entidades de trabalhadores (as) rurais, o projeto desvaloriza o extrativismo e a agricultura familiar

Escrito por: Fátima Gonçalves

        A Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Agricultura (Fetagri), o Colegiado de Desenvolvimento Territorial do Marajó (Codetem), a Coordenação Regional das Ilhas do Marajó e dez sindicatos dos trabalhadores rurais divulgaram nesta sexta-feira (11) uma nota repudiando o Projeto de Lei 107 que tramita na Assembleia Legislativa do Pará e que pretende tornar a pecuária como sendo a única atividade tradicional do Marajó. As entidades entendem que o projeto visa enaltecer o agronegócio, colocando o extrativismo e a agricultura familiar apenas como “complementares”. Leia a nota complete:

Nota de Repúdio da FETAGRI sobre o Projeto de Lei 107

        Nós, trabalhadoras e trabalhadores agroextrativistas do Marajó, que vivemos da floresta e dos rios desta região Marajó assim como viveram nossos antepassados, manifestamos nosso repúdio ao Projeto de Lei 107 que tramita na Assembleia Legislativa do Pará que pretende consagrar a pecuária como única atividade tradicional do Marajó, colocando o extrativismo e a agricultura familiar apenas como “complementares”. Nós marajoaras do campo, dos furos, das ilhas, da terra-firme entendemos ser absurdo tal projeto de lei, pois verdadeiramente quem tem sido há séculos os responsáveis pelo alimento e renda às famílias ribeiras foram o açaí, o peixe e a farinha, estas sim certamente tradicionais.

         Num ataque ideológico ao extrativismo e o agroextrativismo que dialogam com a natureza, o PL 107 pretensamente deseja passar ao público em geral através de lei que o gado é mais importante que o fruto do açaí, que a semente da andiroba, que o tucunaré do rio, que a tapioca, que a tala que tece o paneiro, que a seringueira que corajosamente riscamos. O que se esconde por trás do PL 107 é a vontade do agronegócio aparentar ser do povo, o que não é. Não basta a concentração de terras, não basta a expulsão das famílias do campo, não basta a intimidação e não incomum a violência, não basta a grilagem de terras, os latifundiários precisam agora fazer a “grilagem nas mentes”, reforçado por companhas da grande mídia que “o Agro é Pop”. Porém, o que se tem visto é que agronegócio é veneno, o agronegócio é conflito, “o Agro é desmatamento”, “ o Agro é exclusão”.

       O alimento na mesa dos paraenses, a renda gerada pelo extrativismo do açaí, pela pesca artesanal e pela agricultura familiar e o que nos junta enquanto amor de ser marajoara é tudo que vem da mata, dos rios e da terra cultivada. A pecuária tem destaque sim, contudo mais destaque possui os Bens Comuns da Criação que nos livraram da fome, que nos curaram e nos abrigaram da chuva em todos esses anos. Bens que garantiram a sustentabilidade da vivência dos marajoaras, ao mesmo tempo em que se mantiveram, segundo o INPE, 96% de nossas florestas em pé, contribuindo neste enfrentamento mundial contra as mudanças climáticas.

      Nesta luta do dinheiro contra a memória (que não possui preço), nos posicionamos firmemente a favor de nossos pais, avós, bisavós, tataravós, que não morrerão em nossas lembranças assim como não morreremos na mente dos nossos filhos. Por isso, não aceitamos o teor do PL 107 e exigimos a consagração de nosso meio de vida nas leis do Estado Paraense!

     Somos mulheres e homens agroextrativistas, somos floresta, somos terra, somos rios, somos aqueles que tem moral para apontar quais são as atividades realmente tradicionais no Marajó.

     Coronéis e patrões no Marajó, nunca mais!

 

Portel (PA), 13 de julho de 2017.

EXECUTIVA DA FETAGRI-PA

CODETEM – MARAJÓ/PA

COORDENAÇÃO REGIONAL DAS ILHAS DO MARAJÓ

SINDICATOS DOS TRABALHADORES (AS) RURAIS DE AFUÁ – PA

SINDICATOS DOS TRABALHADORES (AS) RURAIS DE ANAJÁS – PA

SINDICATOS DOS TRABALHADORES (AS) RURAIS DE BREVES – PA

SINDICATOS DOS TRABALHADORES (AS) RURAIS DE cURRALINHO - PA

SINDICATOS DOS TRABALHADORES (AS) RURAIS DE CHAVES - PA

SINDICATOS DOS TRABALHADORES (AS) RURAIS DE MELGAÇO - PA

SINDICATOS DOS TRABALHADORES (AS) RURAIS DE PORTEL - PA

SINDICATOS DOS TRABALHADORES (AS) RURAIS DE PONTA DE PEDRAS - PA

SINDICATOS DOS TRABALHADORES (AS) RURAIS DE SÃO SEBASTIÃO DA BOA VISTA - PA

SINDICATOS DOS TRABALHADORES (AS) RURAIS DE BAGRE

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
Senadora Gleisi Hoffmann fala sobre a campanha
Senadora Gleisi Hoffmann fala sobre a campanha "Anula Reforma"

http://anulareforma.cut.org.br

RÁDIO CUT

CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES DO PARÁ
Travessa D. Pedro I, 1012 | Umarizal | CEP 66050-100 | Belém | PA
Fone: (55 91) 3223.4541 / Fax: (55 91) 3241.9635 | www.cut-pa.org.br | e-mail: comunicacao@cut-pa.org.br