Twitter Facebook

CUT PA > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > OIT CAPACITA EDUCADORES DO PARÁ NO COMBATE AO TRABALHO INFANTIL

OIT capacita educadores do Pará no combate ao trabalho infantil

20/11/2017

Programa da Organização Internacional do Trabalho (OIT) prepara estudantes de escolas municipais de Marabá e Xinguara, no sudeste do Pará, para o debate e enfrentamento ao trabalho infantil.

Escrito por: ONU Brasil

   Após dois meses de atividade em sala de aula, alunos das redes de escolas municipais de Marabá e Xinguara — localizados na região de Carajás, no sudeste do Pará — apresentaram os resultados alcançados com a metodologia Educação, Comunicação e Arte na Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (ECOAR), uma estrutura multidisciplinar que estimula o debate, a criatividade nas práticas escolares para a conscientização e o enfrentamento do trabalho infantil.

    Desenvolvido pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), o ECOAR é um material didático composto por 18 módulos. Ele permite que educadores trabalhem temas relacionados aos direitos humanos das crianças em suas atividades educativas, estimulando o protagonismo de meninas e meninos, propondo o debate e disseminando práticas que promovam a prevenção e a eliminação do trabalho infantil.

        Realizados pela OIT em parceria com as prefeituras municipais nos dias 7 e 8 de novembro, os eventos foram a conclusão da capacitação de educadores iniciada em setembro. O evento de Marabá contou com a presença de cerca de 200 pessoas e teve como tema “Educação: Diga NÃO ao Trabalho Infantil, um investimento em que todos ganham.”

         Em Xinguara, mais de 300 pessoas participaram das apresentações dos trabalhos, que tiveram como tema “Vamos ECOAR o Fim do Trabalho Infantil”.

        Os educadores capacitados também promoveram atividades nas escolas, como colagens, debates e escrita criativa. De acordo com a oficial de projeto da OIT, Patricia Lima, o objetivo era preparar profissionais capazes de levar a pauta dos direitos humanos para a sala de aula.

        A consultora da OIT Cynthia Ramos, responsável por coordenar a formação, acredita que a participação ativa dos municípios e escolas é fundamental para que as ações desenvolvidas atinjam a população e tenham resultados positivos.

        De acordo com ela, o envolvimento dos educadores permitiu que o conteúdo e a metodologia abrangessem até educadores que não puderam participar da formação. O resultado é uma comunidade sensibilizada e atuante pela realização plena dos direitos da criança e do adolescente e pela conquista do trabalho decente.

         Parte da rede de municípios que estão desenvolvendo a Agenda Regional de Trabalho Decente de Carajás junto à OIT, Marabá e Xinguara já tinham indicado a necessidade de combater o trabalho infantil em suas cadeias produtivas.

          Uma agenda de trabalho decente é um compromisso tripartite, feito entre governos e organizações de trabalhadores e empregadores, para impulsionar o desenvolvimento sustentável e a inclusão social através da promoção do trabalho decente, com base em parcerias locais. A iniciativa liderada pela OIT deve resultar em um documento de planejamento que articule eixos prioritários para a implementação da agenda.

       Profissionais do município de São Félix do Xingu também participaram da formação sobre a metodologia ECOAR e o evento de certificação desses educadores e as apresentações dos alunos está previsto para acontecer no dia 27 de novembro.

        Na ocasião, a Secretaria de Trabalho e Ação Social irá realizar com os educadores e alunos uma blitz de panfletagem no centro da cidade, disseminando informações sobre a legislação relacionada ao trabalho infantil, suas consequências, além de canais para denúncias.

 

Fonte: ONU Brasil

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT

CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES DO PARÁ
Travessa D. Pedro I, 1012 | Umarizal | CEP 66050-100 | Belém | PA
Fone: (55 91) 3223.4541 / Fax: (55 91) 3241.9635 | www.cut-pa.org.br | e-mail: comunicacao@cut-pa.org.br