Twitter Facebook

CUT PA > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > HOJE É DIA DE NEGOCIAÇÃO E MOBILIZAÇÃO NO BANCO DA AMAZÔNIA

Hoje é dia de negociação e mobilização no Banco da Amazônia

21/11/2017

Na tarde desta terça-feira (21) vai ocorrer a terceira rodada de negociação específica com o BASA. Na pauta, a antecipação do pagamento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR).

Escrito por: Ascom/Sindicato dos Bancários

     Logo mais, às 14hs, representantes dos bancários e bancárias do Banco da Amazônia (BASA), que são os dirigentes sindicais do Sindicato, Contraf-CUT e Fetec-CUT/CN, reúnem-se com a direção do banco para a terceira rodada de negociação específica. Na pauta, um dos temas mais aguardados, a antecipação do pagamento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR).

      Mas antes de a reunião começar, diretores e diretoras das entidades sindicais, junto com a Aeba, estiveram cedo em frente à matriz do banco para conversar com o funcionalismo e distribuir informativos sobre a atual situação da PLR e o posicionamento das entidades; conforme deliberado em assembleia com o funcionalismo no último dia 8, que em dia de negociação, teria mobilização também.

   “Estamos chegando ao final do ano e o Banco da Amazônia é o único banco que ainda não pagou a PLR que é uma conquista, um direito de toda a categoria bancária, firmado em acordo coletivo. Para nós, não existem desculpas que impeçam de a empresa dividir com seus trabalhadores e trabalhadoras os lucros desse ano, amplamente divulgados pela imprensa local”, afirma o presidente do Sindicato, Gilmar Santos.

      No 1º semestre de 2017, o Banco da Amazônia registrou um saldo de R$ 24,39 bilhões na sua carteira de crédito de fomento e comercial, incluindo os investimentos feitos com recursos do FNO (Fundo Constitucional de Financiamento do Norte). Os ativos totais do banco, somados aos do FNO, chegaram ao montante de R$ 40,24 bilhões e o Resultado Operacional foi na ordem de R$ 96,31 milhões.

     Assim, o banco encerrou o 1º semestre de 2017 com Patrimônio Líquido de R$ 1,97 bilhão, superior em 0,5% em relação ao mesmo período de 2016 (R$ 1,96 bilhão). A instituição registrou um lucro líquido de R$ 12,5 milhões. Além disso, o banco reduziu suas despesas administrativas e alcançou no período em questão, redução de 1,65% quando o valor registrado foi de R$ 391,46 milhões, comparado ao 1º semestre de 2016, que foi R$ 398,02 milhões.

     “Em época de crise ou não, as instituições financeiras nunca terão crise, os números comprovam. É um absurdo que nesse banco tenhamos que brigar pelo que é nosso por direito, garantido em acordo, e termos ainda que ouvir várias desculpas incoerentes, enquanto o funcionalismo faz a sua parte diariamente, da melhor forma possível, para que o banco cumpra seu papel. A espera pela PLR tem sido longa e a necessidade por esse adiantamento só aumenta com o passar dos dias. Isso é apenas um reflexo de que não está tudo bem aqui nesse banco, como vemos quase que diariamente na imprensa local”, destaca a diretora do Sindicato e empregada do banco, Suzana Gaia.

Mesa específica às 14h – “Esperamos que o banco venha com propostas verdadeiras, e não com enrolação. Defendemos a manutenção do pagamento da PLR de forma integral, o que inclui a distribuição da PLR Social e do módulo básico da PLR, independente de metas, que aliás são abusivas e impostas de forma unilateral pela SEST. Se o banco teve lucro, todos os empregados e empregadas devem receber sua parcela”, defende o diretor da Fetec-CUT/CN, diretor do Sindicato e empregado do banco, Sérgio Trindade.

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT

CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES DO PARÁ
Travessa D. Pedro I, 1012 | Umarizal | CEP 66050-100 | Belém | PA
Fone: (55 91) 3223.4541 / Fax: (55 91) 3241.9635 | www.cut-pa.org.br | e-mail: comunicacao@cut-pa.org.br