Twitter Facebook

CUT PA > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > GRUPO INVADE SEMINÁRIO NA UFPA QUE DEBATIA OS IMPACTOS DO PROJETO DE MINERAÇÃO BELO SUN, NO XINGU

Grupo invade seminário na UFPA que debatia os impactos do projeto de mineração Belo Sun, no Xingu

30/11/2017

O grupo foi comandado pelo prefeito de Senador José Porfírio, Dirceu Biancardi (PSDB), que defende o empreendimento. Professores e pesquisadores chegaram a ser impedidos de sair do local.

Escrito por: Fátima Gonçalves

      Na tarde desta quarta-feira (29), durante um encontro científico intitulado "Veias Abertas do Xingu", no auditório do Centro de Estudos Sociais Aplicados da Universidade Federal do Pará (UFPA), um grupo de cerca de 30 pessoas invadiu o local, impediu a continuação do evento e ainda trancou os pesquisadores no local. O grupo foi comandado pelo prefeito de Senador José Porfírio – município da região do Xingu -, Dirceu Biancardi (PSDB) e o deputado estadual Fernando Coimbra (PSL), favoráveis ao projeto.

        O evento "As Veias Abertas do Xingu", coordenado pela professora Rosa Acevedo, do Núcleo de Altos Estudos Amazônicos (Naea/UFPA), debateria sobre os impactos ambientais e sociais do projeto da mineradora canadense Belo Sun, que pretende extrair ouro do rio Xingu, que já abriga outro projeto polêmico que é a Usina Hidrelétrica de Belo Monte. O dia de ontem era especificamente para apresentação dos relatórios das pesquisas.

         O grupo invasor é favorável ao projeto, pois acredita que ele vai gerará emprego, renda e desenvolvimento na região e acusa os pesquisadores de prejudicarem a população.

        Obrigadas pelo grupo a permanecer no local, as pessoas só foram liberadas após a chegada de uma equipe de TV. A professora Rosa Acevedo registrou um boletim de ocorrência na Polícia Federal, denunciando ameaças e cárcere privado.

         Indignada, a professora de Comunicação da Universidade da Amazônia, (Unama), Ana Prado, desabafou em uma rede social. “Os atuais ataques às universidades públicas não são apenas de ordem orçamentária. Os terrores são físicos, simbólicos e rondam os que dedicam suas vidas em prol da produção do conhecimento. Vivemos um dos piores momentos da vida neste país. Canalhas invadem as dependências de uma universidade e fazem toda ordem de ameaças por conta de um debate. A decadência moral, econômica, ética, institucional cresce em ritmo exponencial desde que os bandidos deram o golpe no país. Os salafrários de toda ordem se acham legitimados para fazer o que bem querem. BASTA!!!,

       O projeto: Localizado no município de Senador José Porfírio, a 13 quilômetros da usina de Belo Monte, o empreendimento milionário – avaliado em R$ 1,2 bilhão – será a maior mina de ouro do país, sob a responsabilidade da Belo Sun Mineração, subsidiária da canadense Belo Sun Mining Corp. O projeto pretende extrair 600 toneladas de ouro em 12 anos, ao longo de 120 quilômetros do rio Xingu, onde vivem três comunidades indígenas e cerca de 300 famílias.       

        O projeto ainda não foi deslanchado porque há uma guerra de liminares na Justiça. Em janeiro desde ano, a Secretaria estadual do Meio Ambiente e Sustentabilidade do Pará (Semas) concedeu a Licença de Instalação (LI), mas em abril, o empreendimento foi suspenso por pressão do Ministério Público Federal do Pará, por decisão do Tribunal Regional Federal (TRF), que alegou terem faltado estudos sobre o impacto do projeto na vida das populações indígenas da região. O Ministério Público do Estado do Pará também entrou na briga e obteve liminar suspendendo a obra e apontando erros na aquisição das terras. 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
Tutorial: Saiba como participar da campanha pela anulação da Reforma Trabalhista
Tutorial: Saiba como participar da campanha pela anulação da Reforma Trabalhista

#AnulaReforma

RÁDIO CUT

CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES DO PARÁ
Travessa D. Pedro I, 1012 | Umarizal | CEP 66050-100 | Belém | PA
Fone: (55 91) 3223.4541 / Fax: (55 91) 3241.9635 | www.cut-pa.org.br | e-mail: comunicacao@cut-pa.org.br